segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Professores das escolas de Santa Catarina receberão livros em guarani

Material será entregue para 1.323 instituições de ensino.
Livro trata sobre arte, música, rituais e história do povo guarani.

Do G1, em São Paulo

Com o início do ano letivo, professores das escolas da rede estadual de Santa Catarina vão contar com livros ilustrados e escritos em guarani e português, específicos para o planejamento das atividades, segundo informações da Agência Brasil. São, ao todo, 1.323 instituições de ensino que receberão o material, além de 32 unidades escolares das etnias guarani, xokleng e kaigang.

Como o nome Mbya Reko, que quer dizer Vida Guarani, o livro pretende ajudar o professor a planejar aulas por meio de jogos, teatros e atividades virtuais. Além disso, a publicação também traz material de comparação entre as culturas e entrevistas com indígenas.

Segundo a coordenadora da Educação Escolar Indígena da Secretaria de Educação de Santa Catarina, Ana Luzia Nunes Caritá, o livro foi produzido por professores durante uma das etapas do curso de formação em guarani.

O livro conta com temáticas como artes, música e dança, história do povo guarani e rituais e crenças. “O principal objetivo é incentivar a pesquisa, leitura, elaboração de texto e mesmo visitas à aldeias para a troca de experiência para que esses alunos não-indígenas tenham conhecimento dessa cultura milenar tão rica”, explica a coordenadora.

Nenhum comentário: