sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

MINAS GERAIS - Designação on-line de profissionais da Educação 2019

Designação Online 2019 da Secretaria da Educação de Minas Gerais para Professor de Educação Básica PEB Regente de Turma; Analista de Educação Básica; Assistente Técnico de Educação Básica; Analista Educacional/ Inspetor Escolar e Especialista em Educação Básica

Acompanhe o processo através da pagina Designação Online 2019 da Secretaria da Educação de Minas Gerais 

Desginação Online 2019
  • 18/01/2019 (a partir das 14 horas) - Escolha vaga  até 21/01/2019
Designação on-line de profissionais da Educação será realizada entre os dias 18 e 21 de janeiro
São ofertadas cerca de 19 mil vagas para Professor de Educação Básica PEB Regente de Turma; Analista de Educação Básica; Assistente Técnico de Educação Básica; Analista Educacional/ Inspetor Escolar e Especialista em Educação Básica
Entre os dias 18 e 21 de janeiro, os candidatos inscritos para participar do processo de designação 2019 da rede estadual de ensino poderão escolher as vagas na modalidade on-line. São ofertadas cerca de 19 mil vagas para as funções de Professor de Educação Básica - Regente de Turma, Analista de Educação Básica, Assistente Técnico de Educação Básica, Analista Educacional/ Inspetor Escolar e Especialista em Educação Básica. Para fazer a escolha de vaga, o candidato deve acessar o sistema pelo endereço eletrônico www.seedesignaonline.educacao.mg.gov.br das 14h do dia 18/01 até as 18h do dia 21/01.

A atribuição das vagas será feita a partir da classificação dos candidatos pré-inscritos na primeira etapa do processo de designação, definida de acordo com os critérios de prioridade descritos na Resolução SEE Nº 3995/2018. A classificação está disponível no site http://www.designaeducacao.mg.gov.br/.

A escolha de vagas para a designação on-line será em processo único com a atribuição de vagas em duas etapas. Na primeira etapa, ocorrerá a disponibilização e preenchimento das vagas, de acordo com o chamado Comporta da escola – quantidade de servidores necessária para o funcionamento da escola ¬– e a manifestação de preferência do candidato. O resultado dessa etapa será divulgado no dia 29 de janeiro. Para o servidor designado nesta etapa e dispensado da função em decorrência de provimento da vaga, será assegurada nova participação na segunda etapa de atribuição de vagas.

Já a segunda etapa ocorrerá quando a vaga ofertada na primeira rodada não for preenchida, em decorrência da não comprovação das informações pelo candidato ou não comparecimento em tempo hábil. O resultado da segunda rodada de atribuição de vagas da designação on-line será divulgado no dia 5 de fevereiro. 



O candidato que for selecionado será comunicado por correio eletrônico, no e-mail informado em sua inscrição, com a indicação da unidade de exercício, o dia e horário em que deverá se apresentar, munido da documentação comprobatória, vias originais e cópias, conforme disposto no artigo 56 da Resolução SEE nº 3.995/18.


O candidato selecionado na primeira rodada de atribuição de vagas deverá comparecer à unidade de exercício no dia 30/01/2019 e na segunda rodada de atribuição de vagas no dia 06/02/3019.

A designação é uma forma de preencher interinamente os cargos vagos ou em substituição aos servidores efetivos, quando necessário, para garantir o funcionamento regular das escolas estaduais, conforme o artigo 10 da Lei nº 10254/1990. O processo é essencial na preparação da rede pública para o início do ano letivo.

Ordem de prioridade no preenchimento de vagas

A designação dos candidatos obedecerá a seguinte ordem de prioridade, por meio de listagem única por município ou Superintendência Regional de Ensino (SRE):

I – candidato inscrito e concursado para o município ou SRE e ainda não nomeado, obedecida a ordem de classificação no concurso vigente, priorizando o Edital mais antigo, desde que comprove os requisitos de habilitação definidos no Edital do Concurso;
II – candidato inscrito e concursado para outro município ou outra SRE e ainda não nomeado, obedecido o número de pontos obtido no concurso vigente, priorizando o Edital mais antigo, promovendo-se o desempate pela idade maior, desde que comprove os requisitos de habilitação definidos no Edital do Concurso;
III – candidato inscrito habilitado, obedecida a ordem de classificação na listagem geral do município de candidatos inscritos anualmente;
IV – candidato inscrito não habilitado, obedecida a ordem de classificação na listagem geral do município de candidatos inscritos anualmente;

As informações inseridas pelo candidato no processo da inscrição, que resultarão na sua classificação, deverão ser comprovadas no ato da designação.

Designação Presencial

A chamada inicial para a designação presencial será realizada de 23 de janeiro a 01 de fevereiro. A designação presencial será processada nas escolas, polos ou micropolos, nos dias e horários determinados nos respectivos Editais, conforme especificidade e definição de cada SRE, para o exercício das seguintes funções: Professores de Educação Básica – PEB Regente de Aulas e para o Auxiliar de Serviços de Educação Básica – ASB.

Cada Superintendência Regional de Ensino (SRE) divulgará, oportunamente, as datas, locais e horários para as designações presenciais em polos, micropolos ou escolas, dentro do previsto no cronograma. As vagas de designação aprovadas pela Secretaria de Estado de Educação serão divulgadas por meio de editais no portal http://controlequadropessoal.educacao.mg.gov.br/divulgacao, e afixados na própria escola, na SRE e em locais públicos previamente definidos.
fonte: Secretaria da Educação de Minas Gerais

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

PERNAMBUCO - Exames Supletivos 2018 - Resultado

Resultado dos Exames Supletivos 2018 da Secretaria da Educação de Pernambuco - Edital nº 01/2018

Secretaria de Educação e Esportes divulga resultado final do Exame Supletivo 2018
Cerca de 11 mil pessoas se inscreveram para essa edição; a lista com os aprovados pode ser acessada no site da Secretaria ou nas Gerências Regionais de Educação (GREs)

A Secretaria de Educação e Esportes do Estado divulgou, nesta terça-feira (15), o resultado final do Exame Supletivo 2018. As provas foram realizadas nos dias 21 e 22 de outubro e contaram com cerca de 11 mil inscritos. Clique aqui para ter acesso ao resultado final do Exame Supletivo 2018.

Os exames foram aplicados em escolas ligadas às 16 Gerências Regionais de Educação (GREs) distribuídas em todos os municípios pernambucanos, além de cadeias públicas, presídios e centros de atendimento socioeducativo para atender as Pessoas Privadas de Liberdade(PPL).

Foram aprovados os candidatos que obtiveram nota igual ou superior a 6 em cada disciplina. Realizaram as provas estudantes de níveis de Ensino Fundamental e Médio.

Além de ser divulgado no site da Secretaria, o resultado também está disponível nas GREs.

Para outras informações, ligar para 81–3183-8395 / 3183-8375 / 3183-8382 
 
fonte: Secretaria da Educação de Pernambuco

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

MINAS GERAIS Comunicado - Cronograma do Processo de Designação 2019 para Composição do Quadro de Pessoal


COMUNICADO*

A SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS, no uso de suas atribuições, considerando as disposições da resolução SEE Nº 3995/2018 que estabelece normas para a inscrição, classificação e designação de candidatos ao exercício de função pública na Rede Estadual de Ensino a partir de 2019 e dá outras providências,
COMUNICA:

O cronograma a ser cumprido no processo de designação para o exercício de função pública na Rede Estadual de Educação Básica é o constante do anexo I, devendo ser cumprido solidariamente pelas Superintendências Regionais de Ensino – SRE, as unidades de ensino e as unidades administrativas do Órgão Central envolvidas direta e indiretamente na designação .

(a) Julia Sant’Anna
Secretária de Estado de Educação

ANEXO I
CRONOGRAMA DE DESIGNAÇÃO EM 2019 PARA COMPOSIÇÃO DO QUADRO DE PESSOAL DAS ESCOLAS PÚBLICAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS



* Republicação com a inclusão do ASB na chamada inicial para designação presencial.

MINAS GERAIS - Secretaria de Educação publica resolução que estabelece normas de organização do Quadro de Pessoal das escolas estaduais Também foi divulgado o cronograma de designação 2019

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) publicou, na edição desta terça-feira (08/01) do Diário Oficial Minas Gerais, a Resolução SEE nº 4.112, de 7 de janeiro de 2019, que estabelece normas para a organização do quadro de pessoal para funcionamento das escolas estaduais a partir do ano letivo de 2019.

A resolução traz os critérios para definição sobre distribuição de turmas, aulas, cargos e funções, bem como o quantitativo de servidores para formação do quadro de pessoal das escolas. O documento não altera critérios e quantitativos em relação à resolução do ano anterior, tendo sido realizada apenas adequações de textos para melhor compreensão das regras que regem o quadro de pessoal.

A principal mudança neste ano é que o texto trata exclusivamente da composição do quadro de pessoal. As regras para designação, que antes faziam parte das resoluções anuais de quadro de escola, neste ano foram contempladas na Resolução SEE nº 3995, publicada em 27/10/18, que tratou das inscrições para a designação.

Clique aqui para acessar a Resolução SEE nº 4.112.

Cronograma para a designação

Após a distribuição de cargos entre os professores efetivos, as vagas remanescentes são destinadas ao processo de designação. O cronograma da designação 2019 também foi divulgado no Diário Oficial desta terça-feira, considerando as disposições da Resolução SEE nº 3995/2018, que estabelece normas para a inscrição, classificação e designação de candidatos ao exercício de função pública na Rede Estadual de Ensino em 2019.

As escolas têm o período de 10 a 16 de janeiro para conferir e validar o quadro de escola no SYSADP, com as informações solicitadas para 2019, e encaminhar à Superintendência Regional de Ensino (SRE), até o dia 17, o saldo de vagas para a designação presencial. A chamada inicial para designação presencial, que irá contemplar os cargos de Professor de Educação Básica (PEB) regente de aulas (Ensino Regular Comum e Conservatórios de Música) e Auxiliar de Serviços da Educação Básica (ASB), deverá ser realizado de 23/01 a 01/02.

Para os cargos de PEB regente de turma, Assistente Técnico da Educação Básica (ATB), Especialista em Educação Básica (EEB), Analista de Educação Básica (AEB) e Analista Educacional/Inspetor Escolar (ANE-IE), a designação será on-line e o período de escolha de vagas será de 18 a 21/01. O resultado da primeira rodada de atribuição de vagas da designação on-line será divulgado no dia 29/1 e o da segunda rodada, no dia 05/02.

Cada SRE irá divulgar, posteriormente, as datas, locais e horários para as designações presenciais em polos, micropolos ou escolas, dentro do previsto no cronograma. As vagas de designação aprovadas pela Secretaria de Estado de Educação serão divulgadas por meio de editais no portal http://controlequadropessoal.educacao.mg.gov.br/divulgacao, e afixados na própria escola, na Superintendência Regional de Ensino e em locais públicos previamente definidos. As vagas disponíveis devem ser divulgadas a partir da segunda quinzena deste mês.
 
fonte: SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS

sábado, 5 de janeiro de 2019

MINAS GERAIS - Publicadas resoluções que definem critérios e procedimentos para designação nas escolas quilombolas, conservatórios e CAP São Rafael

Posteriormente, serão divulgados os cronogramas de inscrição e designação

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) publicou, no Diário Oficial Minas Gerais, resoluções especificas que definem critérios e procedimentos para inscrição, classificação e designação de candidatos para atuarem nas escolas quilombolas, nos conservatórios estaduais de música e no Centro de Apoio Pedagógico às Pessoas com Deficiência Visual do Instituto São Rafael (CAP São Rafael). Posteriormente, serão divulgados os cronogramas e orientações complementares.

A Resolução SEE nº 4.064 diz respeito à designação para as escolas quilombolas. Os candidatos poderão se inscrever para concorrer a uma vaga nas funções de Assistente Técnico de Educação Básica (ATB), Auxiliar de Serviços de Educação Básica (ASB), Especialista em Educação Básica (EEB) e Professor de Educação Básica (PEB).

Podem participar candidatos concursados ainda não nomeados e/ou quilombolas. Será admitida a designação de candidato que não se declarar quilombola, excepcionalmente nos casos em que não se apresente candidato inscrito nos termos da Resolução, após a edição de dois editais de designação.

O candidato poderá realizar pessoalmente ou por procuração sua inscrição nas escolas quilombolas de seu interesse. Não há restrições para o número de inscrições. O candidato irá concorrer às vagas para designação somente nas escolas nas quais se inscrever. A rede de ensino de Minas Gerais conta com 31 escolas estaduais quilombolas, distribuídas por 11 Superintendências Regionais de Ensino (SREs).

Conservatórios

Já a Resolução SEE nº 4063 trata do processo de designação para os Conservatórios Estaduais de Música. De acordo com o documento, as inscrições são para Professor de Educação Básica, regente de aulas dos componentes curriculares teóricos e instrumentos/canto dos cursos ofertados pelos Conservatórios.

A inscrição para lecionar os componentes curriculares teóricos será única, permitindo ao candidato concorrer a todos os componentes disponibilizados para a designação, até o limite da carga horária permitida pela legislação vigente. Já a inscrição para lecionar os componentes curriculares instrumentos/canto será específica para cada componente, permitindo ao candidato concorrer à designação no respectivo componente. A inscrição deverá ser feita pessoalmente ou por procuração, no Conservatório de interesse do candidato.

Minas Gerais é o único estado do Brasil que possui em sua rede de ensino 12 Conservatórios Estaduais de Música, mantidos pela Secretaria de Estado de Educação, cujas ações estão voltadas para a educação musical, a difusão cultural e a formação profissional técnica de npivel médio com o objetivo de preparar para o exercício de ocupações artísticas. Atendendo a diversas regiões, os Conservatórios estão localizados nas cidades de Araguari, Ituiutaba, Uberaba e Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em São João del Rei, Juiz de Fora, Leopoldina e Visconde do Rio Banco, cidades da Zona da Mata, em Montes Claros, no Norte de Minas, Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, e em Pouso Alegre e Varginha, cidades do Sul do Estado.

CAP São Rafael

Também foi publicada a Resolução SEE nº 4061, que traz os critérios e procedimentos para a designação para a função pública de Professor de Educação Básica no Centro de Apoio Pedagógico às Pessoas com Deficiência Visual do Instituto São Rafael (CAP São Rafael). Os candidatos irão atuar nos projetos ofertados pelo Núcleo de Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual e Surdocegueira. O interessado deverá realizar sua inscrição, pessoalmente ou por procuração, no CAP São Rafael.

Para se inscrever, o candidato deverá comprovar, além da habilitação e escolaridade previstas, formação especializada oferecida por instituição de ensino credenciada em Sistema Braille (processo de leitura, escrita e transcrição), Código Matemático Unificado, Orientação e Mobilidade. Além disso, ele deverá declarar, no ato da designação, que possui conhecimento e experiência na atividade laborativa desenvolvida no Projeto ofertado pelo CAP São Rafael/Núcleo de Atendimento às Pessoas com Deficiência Visual e Surdocegueira. Cada candidato poderá realizar até três inscrições de seu interesse, observadas a habilitação e escolaridade, e a formação especializada.

Os candidatos inscritos à designação para a função de Professor de Educação Básica (PEB), para exercício nos Projetos do CAP São Rafael, serão classificados em listagens específicas, por Projeto, observando-se a habilitação e escolaridade, e a formação especializada.

Em todas os casos de designação a que se referem as resoluções – escolas quilombolas, Conservatórios de Música e CAP São Rafael - o candidato poderá corrigir as informações durante o período de inscrição. A cada correção, o ele preencherá um novo formulário, sendo devolvido o anterior, e receberá um novo comprovante de inscrição. Os candidatos serão classificados de acordo com os dados da última informação feita pelo candidato ou procurador.
 
fonte: Secretaria da Educação de Minas Gerais

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

MINAS GERAIS - Resolução estabelece critérios e procedimentos para designação do Curso Normal em Nível Médio

Documento foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (03/01)

Foi publicada, no Diário Oficial Minas Gerais, desta quinta-feira (03/01), a Resolução SEE nº 4059. O documento estabelece critérios e define procedimentos para inscrição, classificação e designação de candidatos para o exercício de função pública de Professor de Educação Básica regente de aulas do Curso Normal em Nível Médio na rede estadual de ensino. O cronograma e a lista de escolas que ofertam o curso serão publicadas posteriormente.

O candidato poderá realizar sua inscrição, pessoalmente ou por procuração, nas escolas que ofertam o Curso Normal em Nível Médio. Não há restrições para o número de inscrições, mas o candidato irá concorrer às vagas para designação somente nas escolas em que se inscrever.

Será possibilitado ao candidato corrigir as informações durante o período de inscrição. A cada correção, o candidato preencherá um novo formulário, sendo devolvido o anterior, e receberá um novo comprovante de inscrição. Os candidatos serão classificados de acordo com o último dado informado.

O Curso Normal de Nível Médio ofertado pela Secretaria de Estado de Educação é voltado para a formação de professores para atuarem na docência da Educação Infantil.
 
fonte: SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS

sábado, 29 de dezembro de 2018

Aprimoramentos no Sistema de Avaliação da Educação Básica são detalhados pelo Inep em Documento de Referência

Para apresentar aos gestores educacionais o conjunto de referências que, de forma progressiva, orientarão o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) a partir de 2019, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou no dia 21 de dezembro a versão inicial de um Documento de Referência. A versão 1.0 do texto “Sistema de Avaliação da Educação Básica – Documentos de Referência”, produzido pela Diretoria de Avaliação da Educação Básica (Daeb) do Inep, avança no detalhamento das mudanças anunciadas pelo Ministério da Educação e pelo Inep durante o Seminário Internacional – Estatísticas Educacionais e Avaliação da Educação Básica, em junho de 2018.

O Documento de Referência está organizado em cinco capítulos. No primeiro, “Pressupostos Legais”, foi sintetizado o arcabouço normativo observado para que Matrizes do Saeb fossem constituídas. No segundo capítulo, são recuperadas informações sobre a constituição do Saeb e o contexto atual de atualização dos instrumentos. Em “Modelo da Matriz de Avaliação”, tema do terceiro capítulo, fundamenta-se teoricamente o modelo de avaliação e o conceito de qualidade que norteia o Saeb, resgatando a Matriz proposta nos anos 1990 e demonstrando os elementos de aprimoramento acumulados até o presente momento, resultado do trabalho da equipe técnica do Inep e de especialistas de diversas áreas.

O quarto capítulo apresenta a Matriz dos Questionários, cuja elaboração guarda estreita relação com a Matriz de Referência da Avaliação. Por fim, o quinto capítulo apresenta as Matrizes de Referência dos Testes Cognitivos para o Ensino Fundamental (2º, 5º e 9º anos) já alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Esse capítulo também apresenta um calendário diferenciado de implementação das novas Matrizes de Referência, realiza esclarecimentos sobre a estrutura e distribui as Matrizes por área de conhecimento e etapas do ensino.

A publicação do Documento de Referência cumpre determinação do Conselho Nacional de Educação (CNE). Em 22 de dezembro de 2017, o CNE estabeleceu, por meio da Resolução n.º 02/2017, que as Matrizes de Referência de Avaliação da Educação Básica, sobretudo para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, fossem ajustadas em até 12 meses a partir daquela data, quando foi publicada a BNCC para essas etapas de ensino. Com a versão inicial do texto “Sistema de Avaliação da Educação Básica – Documentos de Referência”, na esteira do que determinou o Decreto 9.432/2018 ao estabelecer a Política Nacional de Exames e Avaliação da Educação Básica, o Inep cumpre mais uma etapa do seu trabalho, contribuindo tanto para aferição da qualidade da educação praticada no país como para a implementação efetiva da BNCC.

Os Documentos de Referência serão aprimorados na medida em que surgirem necessidades de ajustes nos fundamentos do Sistema de Avaliação. Dúvidas e sugestões sobre o texto podem ser encaminhadas diretamente para o endereço gabinete.daeb@inep.gov.br.

Saeb – Desde a década de 1990, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) tem oferecido evidências sobre a qualidade da Educação Básica praticada no Brasil. Nos últimos anos, tomando por balizadores os fundamentos da Constituição Federal, as determinações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, os dispositivos do Plano Nacional da Educação (2014-2024) e, mais recentemente, a normatização essencial trazida pela BNCC, o Inep trabalhou para revisitar, atualizar e ajustar a Matriz de Referência do Sistema de Avaliação bem como o conjunto de Matrizes dela decorrentes para a elaboração dos questionários e dos testes do Saeb.

fonte: INEP