quinta-feira, 15 de março de 2018

Encceja do ensino fundamental terá resultados até 29 de março de 2018

Os resultados do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), edição de 2017, direcionados ao ensino fundamental, serão divulgados até 29 de março. A informação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame.

De acordo com o Inep, autarquia vinculada ao Ministério da Educação, os estudantes terão acesso ao desempenho por meio da própria página do exame na internet, após informar o número do CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição. No ano passado, 301.583 candidatos do ensino fundamental fizeram as provas do Encceja, o equivalente a 19% dos mais de 1,5 milhão de inscritos (1.272.279 prestaram para o ensino médio, ou 81%). Em fevereiro passado, o Inep há havia divulgado o resultado para o ensino médio.

O Encceja é composto por quatro provas objetivas por nível de ensino e uma redação. Cada prova tem 30 questões de múltipla escolha. No ensino fundamental, as áreas de conhecimento avaliadas são: ciências naturais, matemática, língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física, redação, história e geografia. No ensino médio, são testados os conhecimentos de ciências da natureza e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, linguagens e códigos e suas tecnologias e redação, além de ciências humanas e suas tecnologias.

O exame é realizado em parceria com as 27 secretarias estaduais de educação. Apesar de ser aplicado pela autarquia, cabe às secretarias estaduais e aos institutos federais de educação, ciência e tecnologia definir os procedimentos complementares para certificar os participantes ou emitir a declaração parcial de proficiência, com base nos resultados das provas.

Dessa forma, as secretarias estaduais de educação listadas no edital do Encceja utilizam os resultados individuais para a certificação no nível de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. Já os institutos federais o fazem somente para certificar a conclusão do ensino médio.

Os resultados individuais permitem a emissão da certificação de conclusão dos dois níveis de ensino ao participante que obtiver a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação, bem como da declaração parcial de proficiência, ao candidato que obtiver a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas.

A inscrição e a realização das provas, no entanto, não garantem a certificação. Segundo o Inep, recebe o certificado apenas o participante que atinge o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Encceja e que obtém, adicionalmente, no caso de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física no ensino fundamental, e de linguagens e códigos e suas tecnologias no ensino médio, proficiência de pelo menos cinco pontos na prova de redação.

O Encceja também é aplicado nas modalidades Nacional PPL, para pessoas privadas de liberdade, em parceria com o Ministério da Justiça, e Exterior e Exterior PPL, este também para privados de liberdade, cuja cooperação é realizada com o Ministério das Relações Exteriores, nos dois níveis de ensino, médio e fundamental.

fonte: MEC

Nenhum comentário: